segunda-feira, 1 de junho de 2015

Uma nova geração de Monstros e Bárbaros estão sendo criadas no Islã

Crianças Muçulmanas são ensinadas desde cedo a gostar do Terror e da Barbárie, para futuramente serem assassinas cruéis dos chamados "infiéis"


Foi divulgado pelo estado islâmico uma foto de uma criança segurando uma cabeça decapitada no meio de outras crianças, elas aparecem rindo como se fosse algo totalmente normal e curriqueiro em suas vidas, sem nenhum espanto ou sentimento de horror ou dor, as crianças brincam com a cabeça decapitada de um ser humano.
Junto com a foto veio uma frase que dizia: "Essa é a forma como os filhotes de Cristo são ressuscitados" ostentando como glória esse ato hediondo

Deve notar-se que não é a primeira vez que tal ato é feito, ou seja, gabar-se que as cabeças de vítimas estão a ser degolada por crianças. Uma criança muçulmana recebeu das mãos dos chefes de tropas sírias várias cabeças decepadas. 

Esta imagem vem após a divulgação de que as crianças estão sendo treinados para matar em nome da religião, no âmbito da preparação do Estado islâmico criando uma geração de assassinos para "livrar" o mundo de "infiéis".

A tendência é somente aumentar o terror em todo o mundo, esses Islâmicos são uma ameaça real a Paz, a liberdade e a segurança da Humanidade, esperemos que os Governos tomem previdências rápidas e duras contra esses servos de Satã enquanto ainda há tempo.
_____________________________________
VEJA TAMBÉM
- Extremistas muçulmanos recebem o equivalente a 98 reais por cada Cristão morto
- Mais uma Barbárie Muçulmana! Criança Cristã é decapitada e mostrada como troféu
- Nova tortura submetida aos Cristãos na Arábia Saudita
- Muçulmanos do Sudão ordenam morte de Cristãos
- O Islã propõem boicote a tudo que vem dos Judeus, Será ?
- Treinador de Homens Bomba se explode e explode a turma inteira por engano
- As Cruzadas: resposta contra as invasões muçulmanas
- Yitzhak Kaduri Rabino dos Rabinos declara que teve um encontro com o Messias
- O que podemos aprender com Israel
- O direito de Israel a Jerusalém
- Inscrição em pedra de 2000 anos fala da ressurreição de Cristo
- O historiador Blainey reconstrói a longa trajetória da maior religião do ocidente
- Novas técnicas estão devolvendo a vida as pessoas
- Cientistas apontam que a origem da vida pode estar no Barro

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário