sexta-feira, 30 de maio de 2014

Estudantes e Feministas da UFF, costuram vagina de uma participante em ritual satânico regado a drogas e bebidas, numa festa intitulada "Xereca Satânik" Vejam as Fotos!

UFF vai apurar denúncia de festa com ritual satânico, drogas e orgias



Feministas costuram vagina em festa em campus da UFF, denunciam alunos.
UFF vai apurar denúncia de festa com ritual satânico, drogas e orgias
Evento foi realizado por universitários em unidade de Rio das Ostras, RJ.
Imagem mostra crânio humano usado em suposto ritual de magia negra.

Mais de 2.200 pessoas foram convidadas e 320 confirmaram presença na festa "Xereca Satânik" pelo Facebook. As organizadoras do evento se identificam como Isabelle Rocha, Pahmela Prince Metamorfoseando, Mariana Gomes Ribeiro e Antonella Abreu. Uma participante do grupo, que se identifica como Mariana Pimentel, deixou uma mensagem na página na manhã desta sexta-feira, 30



 "A festa-performance foi um acontecimento estético, e dos grandes! comentou Mariana Pimentel em seu perfil do Face. Só me recuperei hoje! Deixo aqui um muito obrigada a todas vocês que participaram da organização e um salve especial para a querida Isabelle Rocha, que abafou!!!", postou.



Uma festa regada a drogas, sexo e rituais de satanismo foi a atração do campus da Universidade Federal Fluminense (UFF) de Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, na noite da última quarta-feira, 28 de Maio de 2014. Estudantes da instituição denunciam que uma participante costurou a vagina de outra no evento, chamado de "Xereca Satânik". Como mostram as fotos originais, a mulher rindo enquanto é submetida ao ritual de mutilação em cima de uma mesa. Outras fotos mostram o sangue escorrendo nas pernas da jovem após o procedimento e outra participante sendo cortada com estilete. 

Um aluno da UFF, que preferiu não ser identificado, afirmou que a festa foi realizada nas dependências do campus de Rio das Ostras, em um prédio conhecido como Multiuso. Segundo ele, geralmente são realizados eventos no espaço mediante a autorização da reitoria. Não se sabe, no entanto, se a universidade liberou a festa nesse dia.
"As meninas que organizam essas intervenções são ligadas ao feminismo e sempre querem passar alguma mensagem", contou o universitário. "Soube que ela puxou a linha para desfazer a costura. Depois, ficou cheia de sangue".

No meio da festa, uma menina tirou a roupa, deitou em cima da mesa e outra costurou a parte íntima dela. Não sei se essas meninas são da faculdade. Elas têm um movimento de combate ao alto índice de estupros a mulheres em Rio das Ostras e defendem a ideia de que a mulher deve ter domínio total sobre seu corpo", detalhou o estudante, que não participou do ato, mas recebeu informações e fotos de amigos que estavam na festa.

Em outras fotos mulheres aparecem nuas num suposto ritual de magia negra, inclusive, com uso de um crânio humano. Um estudante da instituição, que pediu para não ser identificado, contou que as bebidas alcoólicas usadas na festa ficaram armazenadas dentro do novo anexo da UFF. 

"Normalmente os alunos fazem festas assim dentro da faculdade, com venda de bebidas e uso de drogas inclusive, mas nunca aconteceu nenhum problema. O pessoal do curso de Produção Cultural tem o hábito de fazer intervenções culturais. O mais polêmico que eu tinha visto foi quando uma garota tirou a roupa e recitou uma poesia. 

O diretor do pólo permitiu o armazenamento de bebidas dentro da universidade. O uso de drogas é praticamente liberado. Precisamos de uma intervenção urgente", disse.

A Administração Central da UFF informou que está tomando ciência e todas as providências necessárias para esclarecer o que aconteceu no campus de Rio das Ostras. A reitoria afirmou que vai abrir imediatamente uma comissão para apurar os fatos.  De acordo com a delegada titular da 128ª DP (Rio das Ostras), Carla Tavares, o caso não foi registrado.

VEJAM AS FOTOS SEM TARJA! 



























COMENTÁRIO VINI SILVA

Psicólogos, Psiquiatras, Sociólogos, Antropólogos, Religiosos, poderiam identificar este ato de muitas maneiras, Culpa do Marxismo Cultural, Desestruturação Familiar, Psicopatia, Carência, Falta de amor próprio, de Alto Estima, uma tentativa de agressão a sociedade, falta de Deus, de princípios, de moral, de vergonha na cara, Apologia e Propaganda dos movimentos feministas e Gaysistas, falta de Política de Educação, Desgoverno, etc..

O fato que esse tipo de ato ou atitude em nada colabora para nada, só denigre as pessoas que o cometem, mostrando bem claro o que passa em suas mentes perturbadas e corações vazios. No fundo são pessoas mostrando que precisam de ajuda e tratamento espiritual, psíquico e emocional

Quanto ao ritual satânico delas em nada afeta ao Brasil, só a elas mesmas, além de tudo são burras, o mal que elas pensam estar fazendo a outros, estão fazendo a elas mesmas, isso prova que ao contrário do que muitos acreditam, estudantes Universitários podem ser a manifestação mais patente de idiotice, psicopatia e insensatez

São as pobres feministas que em suas loucuras manifestam toda a sua falta de Deus e apego ao mundanismo, destilando toda a sua insanidade.
_________________________________

veja também !!

2 comentários:

  1. 32 Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.

    ResponderExcluir